E-ECOPRESS PUBLICIDADE, UMA BOA IMAGEM MARCA PARA SEMPRE!

Gravações, Vinhetas Comerciais, Spot, Carro de Som, Apresentações de eventos, Entre outros.

Rádio Difusora de Feijó ondas médias 1170KHz

Informação a serviço da sociedade.

CONHEÇA A UNOPAR

A Maior Universidade em Ensino a Distância do Brasil.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Polícia Federal divulga edital de concurso para 566 vagas

thumb PFconcurso
Salários são de R$3.689,77, R$4.412,32 e R$5.454,18

A Polícia Federal (PF) publicou nesta quinta-feira (21), o edital do concurso para 566 vagas de níveis médio e superior para sua área de apoio. Do total de oportunidades, 534 vagas são para o cargo de agente administrativo (Nível Médio) com salários de R$3.689,77, incluindo o auxílio-alimentação de R$373. Todos os estados e o Distrito Federal serão contemplados com as vagas.
As outras 32 oportunidades são para cargos de nível superior, todas para atuação em Brasília, nas funções de engenheiro, assistente social, contador, administrador, psicólogo e arquivista.  O salário oferecido é de R$5.454,18 para engenheiro e de R$4.412,32 para os demais, já com o o auxílio. Para todos os cargos, o regime de contratação é estatutário, que garante a estabilidade.
Os interessados poderão se inscrever a partir do dia 1° de dezembro até o dia 23 do mesmo mês, através do site do Cespe/UnB, organizador do certame. As taxas são de R$60 para agente administrativo e R$70 para os cargos de nível superior. As provas (objetivas para todos os cargos e discursiva para o nível superior) estão marcadas para 16 de fevereiro. Os exames serão realizados em todas as capitais no caso de agente e apenas em Brasília para nível superior. A validade da seleção será de dois anos, podendo dobrar.
Fonte:
agazeta.net

Filme O Acre Existe estreia nesta sexta no Cine Recreio em Rio Branco no Festival Pachamama

acre-existeO Acre passou a existir para os paulistas Bruno Grazziano e Milton Leal em menos de 30 segundos após o início de uma conversa para decidir qual seria o tema de um filme que pretendiam fazer juntos. A velha piada sobre a existência do estado foi um dos pontos de partida. Decidido o lugar para onde partiriam, convidaram mais dois companheiros para o que chamam de ‘aventura’, Paulo Silva Júnior e Raoni Gruber. Dois anos de trabalho, um ano e meio somente para a edição, foram necessários para que nesta sexta-feira, 22, o filme O Acre Existe se materializasse, em estreia marcada para às 21 horas no Cine Recreio durante o 4º Festival Internacional Pachamama – Cinema de Fronteira.
“Essa certeza nós tínhamos desde o início: que a estreia seria em Rio Branco. O convite feito lá no início pelo Sérgio de Carvalho para que o lançamento fosse no Pachamama nos incentivou. Deu certo de terminarmos o filme agora bem na época do festival”, lembra Bruno Graziano. O roteiro para o filme tinha meia página preenchida. Somente dados básicos sobre o estado e alguns contatos. A outra parte, em branco, deveria ser escrita com o depoimento dos acreanos, dos que moram e fazem a história de suas vidas neste lugar.
Paulo Silva Júnior, que escreveu o livro de mesmo nome, conta que a liberdade da produção foi fundamental para chegar a este resultado. Para ele, sentar em bancos de praças, em bares e conversar com pessoas anônimas ou referências para suas comunidades é o espírito do trabalho. Ele diz que ao chegar, percebeu que as pessoas tinham uma ‘vontade brutal’ de contar histórias. O filme pretender mostrar essas histórias e não apenas a visão dos produtores sobre o Acre.
Produção e finalização – O Acre Existe é considerado pelo grupo como ‘um road movie clássico’. A trajetória que resultou em 50 horas de filmagens começou em São Paulo. Foram percorridos 10 mil quilômetros em 45 dias. Mesmo com projeto aprovado pela Lei Roaunet, o filme não conseguiu atrair o investimento de empresas e quase todo o custo foi arcado pelos quatro amigos que assumem o roteiro, produção e direção.
O filme foi finalizado em 115 minutos, e para isso o grupo se isolou durante 15 dias, e tem na trilha sonora música de Cícero França, Zé Kleuber, cânticos Yawanawá da Aldeia Mutum, Nelson Gonçalves, Raimundo Nonato e Seu Jorge. Despretensioso, o filme pretende ser uma ponte entre a fala do acreano e o mundo. O cinema cumpre seu papel. O filme O Acre Existe deverá ser inscrito em festivais de cinema de toda a América Latina em 2013.

Durante o 4º Festival Pachamama – Cinema de Fronteira os exemplares do livro serão vendidos a R$ 20. A entrada para a sessão de estreia de O Acre Existe é gratuita, mas é necessário chegar com pelo menos uma hora de antecedência. A programação completa do festival, que termina no domingo, 24, pode ser acessada no www.cinemadefronteira.com.br.

Estudante é esfaqueada por colega durante briga em escola de Feijó

Estudante é esfaqueada por colega durante briga em escola de Feijó
A violência nas escolas do Acre chegou a níveis alarmantes. Uma estudante de 16 anos foi esfaqueada por uma colega da mesma idade durante uma briga na escola de ensino médio José Gurgel Rabello, em Feijó.
O problema fugiu ao controle dos docentes, e a ocorrência foi atendida pela Polícia Militar. Quando os policiais chegaram à escola, a vítima já tinha sido encaminhada ao pronto-socorro, com ferimentos braço, abdômen e no pescoço, que poderiam ter sido fatais.
A aluna infratora fugiu, mas foi encontrada com a polícia. Ela ainda estava com a faca que usou para tentar matar a colega e foi apreendida.
ALUNA_IN1
As adolescentes são as mesmas que protagonizaram uma briga, gravada em vídeo e que publicada nas redes sociais, este mês. O vídeo foi compartilhado por muitos jovens da cidade em seus perfis no Facebook.
Nas redes sociais, Deyslan Pedrosa, irmão da jovem ferida, desabafou. “E a justiça cabe o dever de punir essa homicida, culposa, com intenção de matar… Pois tenho certeza, que uma pessoa, que vai para a escola, com uma faca tipo peixeira, e desfere várias facadas em uma cidadã de bem, sendo no abdome, no braço, e a principal no pescoço que quase leva você a óbito, tenho certeza que ela não estava brincando de boneca, isso foi uma tentativa de assassinato, e para isso há as leis”, comentou.
Da redação de ac24horas, com informações do site Acre Feijó News

Telexfree: Justiça acreana julga mérito de Ação e mantém bloqueio à empresa

thais khalil tjac nov13
Juíza Thaís Khalil/Foto: Ascom TJ
A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco manteve na íntegra a liminar a respeito Ação Cautelar Inominada nº 0005669-76.2013.8.01.0001. Dessa maneira, todas as atividades da Ympactus Comercial Ltda. (Telexfree) estão suspensas em todo Brasil.
A sentença é da juíza Thaís Khalil, titular da unidade judiciária, e foi assinada nesta quinta-feira (21).
A empresa também continua proibida de admitir novas adesões à rede, seja na condição de "partner" ou de "divulgador"; e não pode receber os ditos Fundos de Caução Retomáveis e Custos de Reserva de Posição. Também está impedida de vender kits de contas VOIP 99TeIexfree (ADCentral ou ADCentral Family), sob pena de pagamento de R$100 mil por cada novo cadastramento ou recadastramento.
A mesma decisão também proíbe a empresa de pagar comissões, bonificações e quaisquer outras vantagens aos "partner’s" e divulgadores, também sob pena de incidência da multa acima estipulada, por cada pagamento indevido.
Também permanecem indisponíveis os bens móveis, imóveis e valores existentes em contas bancárias e aplicações financeiras de propriedade da Telexfree e de seus sócios administradores (Carlos Roberto Costa e Carlos Nataniel Wanzeler), estendendo a decisão, quanto aos imóveis destes últimos, também aos seus respectivos cônjuges.
Sentença na Ação Cautelar
Ao julgar o mérito da Ação Cautelar, a 2ª Vara Cível rejeitou as preliminares de incompetência do juízo, ilegitimidade ativa do Ministério Público Estadual (MPE-AC) e a inépcia da petição inicial.
Foi acatada a preliminar de ilegitimidade passiva de Lyvia Mara Campista Wanzer, que foi excluída da relação processual, pois ao tempo do ajuizamento da ação já não era sócia da empresa Ympactus.
A decisão liminar que já havia sido proferida foi mantida integralmente. Constatou-se que continuam presentes fortes indícios no sentido de que a atividade principal da empresa Ympactus configura “pirâmide financeira”, sustentando-se primordialmente de cadastramento de novas pessoas e não da venda do serviço VOIP 99Telexfree.
Por essa razão, manteve-se o impedimento de novas adesões à rede Telexfree e de pagamento de comissões, bonificações ou quaisquer outras vantagens aos divulgadores. Também foi mantida a desconsideração da personalidade jurídica e a indisponibilidade de bens e valores da empresa e dos sócios administradores. As multas decorrentes do descumprimento da decisão não foram alteradas.
Foi negado o pedido da empresa Ympactus de liberação dos bens e valores declarados indisponíveis, mediante caução da marca Telexfree, fiança bancária ou seguro.
Também foi considerada prejudicada a proposta apresentada pela empresa, de restabelecimento das atividades através da venda de contas VOIP, mediante pagamento de comissão aos divulgadores, e adesão de novos “partners” sem o recebimento do Fundo de Caução Retornável e sem a venda de kits de contas VOIP 99Telexfree.
Isto aconteceu porque a empresa noticiou a rescisão do contrato firmado com a Telexfree INC, a qual seria a responsável pela disponibilização das contas VOIP 99Telexfree e prestação do respectivo serviço, o que inviabiliza a atividade proposta.
Decisão na Ação Cautelar
A empresa havia solicitado a liberação de valores para que pudesse honrar o pagamento de contrato firmado com Tijuca Design Hotel. O pedido foi acatado, impondo-se condições à Ympactus, que atendeu a todas. Porém, o MPE-AC noticiou nos autos a interposição de recurso de agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo, em face da decisão que autorizou a liberação dos valores.
Nesse sentido, a juíza Thaís Khalil decidiu sobrestar (suspender) a expedição do alvará judicial, até a decisão do relator do agravo de instrumento, acerca do pedido de efeito suspensivo.
A empresa também havia solicitado a liberação de valores para pagamento de tributos federais. O pedido foi acatado na decisão desta quinta-feira, determinando-se à Ympactus que apresente guias de recolhimento dos tributos, para que o pagamento seja efetuado diretamente pelo juízo.
Decisão na Ação Civil Pública
No que diz respeito à Ação Civil Pública nº 0800224-44.2013.8.01.0001, foram rejeitadas as preliminares de incompetência do juízo, ilegitimidade ativa do Ministério Público, inépcia da petição inicial e impossibilidade jurídica do pedido.
Foi acatada a preliminar de ilegitimidade passiva de Lyvia Mara Campista Wanzer, que foi excluída da relação processual, pois ao tempo do ajuizamento da ação já não era sócia da empresa Ympactus.
Também foi deferida a produção de todas as provas solicitadas pelas partes (pericial, testemunhal, depoimento pessoal, documental). Desse modo, foi nomeada a empresa BDO RCS Auditores Independentes para a realização da perícia, que será intimada para apresentar proposta de honorários no prazo de cinco dias.
As partes poderão indicar assistentes técnicos e formular quesitos a serem respondidos pela perícia. Uma vez que seja definido o valor dos honorários periciais, a empresa BDO RCS Auditores Independentes terá o prazo de vinte dias para entregar o laudo pericial. 
Em seguida, as partes serão intimadas a se manifestar sobre o resultado da perícia e será agendada audiência de instrução e julgamento, para depoimento pessoal das partes e inquirição de testemunhas.
O juízo fixou os pontos controvertidos da demanda e formulou quesitos a serem respondidos pela perícia.
Por fim, foi indeferido o pedido da empresa Ympactus de liberação de valores para contratação de seguro para cobertura dos riscos da sua atividade econômica.
Fonte:
Contilnet

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Pancadaria envolvendo adolescentes na Escola José Gurgel Rabelo em Feijó



Alunos da escola José Gurgel Rabelo de Feijó, divulgaram na internet um vídeo de um briga envolvendo pelo menos 6 (seis) meninas, a confusão teria ocorrido na tarde de ontem, dia 11 de novembro.

Segundo informações de uma das testemunhas, uma adolescente chegou tomar posse de uma faca, porem foi contido por um rapaz cujo nome não foi revelado.

A violência envolvendo adolescentes nas escolas do estado vem ganhando destaque nas redes sociais há algum tempo, os jovens que testemunham as agressões muita das veze preferem registrar tudo em celulares a evitar as agressões. 
Até o presente momento a direção da escola não se pronunciou sobre o caso.


Fonte:
Giro Feijó

Vídeo da matéria.
Veja aqui o vídeo

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Caravana da Integração Amazonas -Acre



De acordo com o presidente do amante do motocross club de Feijó, Jocilei Braga, é a primeira vez que uma caravana de motoqueiros organizada vai ao município de Envira-Am, via terrestre, realizando mais uma aventura, e no intuito também de desbravarem e  participarem da expoenvira-2013.

Do Site:
Feijo Cultural

Governador discute novas oportunidades de parceria com Câmara de Comércio de Milão

Representantes da Câmara de Comércio de Milão dizem que Acre ficou escondido por muito tempo (Foto: Rafael Renzo)
Representantes da Câmara de Comércio de Milão dizem que Acre ficou escondido por muito tempo (Foto: Rafael Renzo)
Além de exposições e palestras, o Italia S/A também se apresenta como um espaço para bons contatos e prospecção de negócios, e o governador Tião Viana aproveita a oportunidade do evento do qual o Acre participa para firmar novas parcerias.
Após as apresentações das palestras feitas por gestores do Estado, o governador - companhado da primeira-dama Marlúcia Cândida e secretários - participou de uma importante reunião com representantes da Câmara de Comércio de Milão, Roma, Florença, Turim, Vicenza, Modena e outras cidades da Itália, acerca de possibilidades de investimentos de empresários italianos na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre.
Além da ZPE, apresentada pela subchefe da Casa Civil, Nazareth Araújo Lambert, os secretários Lourival Marques (Seaprof) e José Carlos Reis (Pequenos Negócios) mostraram as ações na produção, principalmente, na piscicultura e meliponicultura.
As oportunidades de negócios visam casar os investimentos em infraestrutura e produtos, abundância de matérias-primas como madeira, borracha, açaí, frutas tropicais e castanha - om alta tecnologia italiana -, além da real possibilidade de acessar mercados próximos como o andino e o asiático. As associações comerciais italianas poderão ser parceiras dentro e fora do Brasil para introdução dos produtos na Europa, como no caso da produção de peixes.
O governador Tião Viana não escondeu o otimismo em relação aos projetos desenvolvidos no Estado e ressaltou que é preciso reconhecer esse novo momento e abraçar as oportunidades. “É o que o Lula diz: ‘O Brasil ainda não conhece as vantagens que tem a ZPE do Acre para o mercado andino’. Por isso, fazemos questão de apresentar o que estamos realizando no Estado, buscando novos parceiros”, diz.
O responsável no Brasil pelo escritório de representação das Câmaras de Comércio, Bruno Aloi, comenta que o Acre ficou escondido por muito tempo e agora é o momento de trabalhar e divulgar a identidade regional e seu potencial em todos os setores.

O presidente da Federação da Indústria no Acre (Fieac), Carlos Sasai, também participou da reunião e comentou sobre a parceria que a federação faz questão de manter. “Temos um governador que está preocupado em desenvolver o setor industrial no Estado, por isso temos uma relação de parceria com o governador, apoiando suas iniciativas”, ressalta.

Primeira parceria
Governador Tião Viana ressalta que o país precisa reconhecer a importância da ZPE do Acre para o país (Foto: Rafael Renzo)
Governador Tião Viana ressalta que o país precisa reconhecer a importância da ZPE do Acre para o país (Foto: Rafael Renzo)
O trabalho iniciado de elaboração de identidade visual e cultural, desenvolvido pelo governo do Estado em conjunto com o Instituto Politécnico de Milão - por meio do Poli.Design - e que originou as linhas de produtos de marcenaria para formatação de uma marca Acre, mostra que a parceria é possível e pode ser muito exitosa. “O curso originou produtos com uma base que ancora a contemporaneidade de nossos valores florestais, com respeito ao conceito de desenvolvimento econômico sustentável”, comenta a subchefe da Casa Civil, que explanou sobre a ZPE.

O turismo
A necessidade de divulgação das potencialidades do Acre na Itália, a fim de que sejam realizadas feiras de intercâmbio para que os potenciais do Estado possam ser conhecidos, foi um ponto bastante debatido no encontro. Outro ponto forte destacado foi a oportunidade advinda da região para o turismo ecológico, místico e de aventura. A atração de investidores para conhecer o Acre também foi evidenciada.

Próximos passos
O encontro foi essencial para dar encaminhamentos. Uma próxima conversa acontecerá envolvendo também o Ministério das Relações Exteriores, pois é interesse do governo federal que as potenciais agregações de valores dos produtos a serem exportados sirvam para o equilíbrio das balanças de pagamento do Brasil. E em breve empresários italianos que atuam aqui no país farão uma visita ao Acre para conhecer de perto os projetos desenvolvidos no Estado. Marlúcia Cândida já adianta que nos próximos dias representantes da empresa italiana Tabo também visitam o Estado para discutir parcerias.

Fonte:
Agencia de Noticias

PEC dos Soldados da Borracha deve injetar R$ 200 milhões na economia local



Após a sanção da presidenta Dilma Rousseff, o Projeto de Emenda Constitucional 556/2002, a PEC dos Soldados da Borracha, deve injetar aproximadamente R$ 200 milhões na economia acreana. Fontes vinculadas ao Palácio Rio Branco estimam que a sanção presidencial deve ocorrer ‘da forma mais rápida possível’.


É o mesmo raciocínio do secretário estadual de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis, Edvaldo Magalhães. “Acredito que não haverá dificuldades para passar pelo Senado e devemos ter o impacto da chegada desses recursos ainda neste ano”, avalia Magalhães. “E este dinheiro entra rapidamente no circuito de consumo local, o que é bom para o comércio, sobretudo nesse período”.

Pela proposta do Governo Federal, cada Soldado da Borracha deve receber uma indenização de R$ 25 mil pagos em uma única parcela, além do nivelamento da pensão, orçada em R$ 1,5 mil, corrigida pelos índices que referenciam as demais aposentadorias do país.

O Acre é o Estado onde há o maior número de Soldados da Borracha vivos e também de pensionistas. São, ao todo, 7.335 beneficiados. Desses, 3.526 ainda estão vivos e dispostos a contar a história de como foi que atenderam ao chamado do governo brasileiro para extrair látex a ser enviado às trincheiras que defenderam os aliados durante a II Guerra Mundial.

A aprovação de terça-feira na Câmara é parte de um longo processo que dura mais de 40 anos. O projeto de emenda à constituição foi aprovado em 2 turnos na Casa, cujos trabalhos da mesa diretora estavam sendo conduzidos pela deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB/AC), relatora da PEC.

No 1º turno, a PEC ainda teve 4 votos contrários e 345 favoráveis. No 2º turno, mais 6 votos seguiram a maioria. O placar final ficou 351 votos a favor dos Soldados da Borracha e 4 contra. Agora, a matéria segue para o Senado. Após ser aprovada lá, vai para a apreciação presidencial.

Emocionada, a parlamentar comunista afirmou que este “não é o acordo que esperava, mas foi a votação possível. Sei que o valor é menor do que os soldados da borracha merecem. E acredito que depois de anos nessa batalha, quando tantos até já morreram e outros tantos já tinham perdido as esperanças, colocar R$ 25 mil no bolso e movimentar R$ 200 milhões na economia do Acre, vai trazer alegria para muitos. Já me sinto feliz por isso”, afirmou Perpétua, antes de ponderar. “É melhor do que continuar mais 10 anos na espera e depois não ter mais ninguém vivo para receber”.

Fonte:
A Gazeta do Acre